Google+

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

AECIO NEVES VOLTA DE FÉRIAS A TEMPO DO JULGAMENTO DO MENSALÃO TUCANO

Comentar a postagem
Aecio Neves e Eduardo Azeredo no mensalão mineiro
“Para quem foi criado na linhagem das raposas felpudas da política mineira, Aécio Neves (PSDB/MG) retornou de férias demonstrando chegar fora de forma para o jogo político: voltou aos holofotes em momento inoportuno para ele, justamente no dia em que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais começa a julgar o Mensalão Tucano, que atingiu em cheio o PSDB mineiro.

O TJMG começa a ouvir o depoimento de testemunhas de acusação, mas o principal personagem político, senador Eduardo Azeredo (PSDB/MG), é julgado à parte, pelo Supremo Tribunal Federal, por ter foro privilegiado.

Figuram como réus Marcos Valério, o ex-vice de Aécio no primeiro mandato e ex-sócio de Marcos Valério, Clésio Andrade (PR) e outros demo-tucanos.

Clésio Andrade deverá ser retirado deste processo e incluído no processo do STF, por ganhar foro privilegiado, ao assumir a cadeira de senador, na suplência do falecido Eliseu Resende (DEMos/MG).

Quando estourou o escândalo do mensalão em 2005, as agências de Marcos Valério faziam propaganda nacional do governo de Aécio Neves, cancelada com o escândalo.

Aécio, quando foi candidato a deputado federal em 1998, figurou na lista do caixa-2 do esquema do mensalão tucano como receptor de um repasse de R$ 110 mil.”

FONTE: blog “Os amigos do Presidente Lula” 
E a Imprensa Omite,cadê as matérias da Globo ,Revista Veja e outros PIG's,vamos esperar que o Judiciário não se curve ao poder do PSDB no Estado como o TRE se curvou a Alckmin em São Paulo

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Anastasia vai criar mais de 1.300 cargos sem concurso público

Comentar a postagem
O governo de Minas Gerais vai criar 1.314 cargos comissionados, de preenchimento sem concurso, nos próximos quatro anos. O número representa um acréscimo de 7% no total de comissionados do Estado, mas a administração de Antonio Anastasia (PSDB) defende que a ampliação é necessária. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
Segundo a secretária do Planejamento, Renata Vilhena, dos cargos a serem criados, 580 estão destinados ao sistema prisional e demorarão mais a serem preenchidos. "Estamos construindo 144 novos presídios, mas só vamos convocar o pessoal quando eles estiverem prontos", disse. "Outros cargos deverão ser 60% preenchidos este ano".
Fonte:Portal Terra 
Já começou a campanha de Anastasia Pró-Aécio usando a máquina do Estado,esses mais de 1300 mil cargos criados pelas Leis delegadas servirão para colocar apadrinhados para fazerem campanha antecipada para ele,pagos com o dinheiro do contribuinte.
Além disso o velho sonho do PSDB que acabar com os concursos públicos com terceirizações,Privatizações(especialidade tucana) e agora cargos comissionados para favorecer os amigos do rei(Aecio e Anastasia)em troca de ajuda na campanha(A tropa de choque de Aecio )
Eis o Link do Ministério Público para fazer a sua manifestação:https://aplicacao.mp.mg.gov.br/ouvidoria/cidadao/acesso.do?idOuvidoria=12
Assembleia Legislativa para falar com seu Deputado

sábado, 22 de janeiro de 2011

Dinheiro da Aeciolândia está fazendo falta para obras contra enchentes

Comentar a postagem
Aeciolandia - O palacete contruiido por Aecio neves e Antonio Anastasia
Fortuna gasta em Palácio faraônico para o governador, fez e está fazendo falta para obras contra enchentes.

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), esteve em Brasília reunido com a presidenta Dilma Rousseff para pedir R$250 milhões do governo federal para obras em cidades e estradas estaduais, que sofreram danos com as chuvas.

Anastasia faz um governo de continuidade a Aécio Neves (PSDB/MG), do qual foi um dos principais homens-fortes e mentores. Tor-rou mais de R$1,5 bilhão em um suntuoso Palácio para o governador e suas secreta-rias, chamada de Cidade Administrativa (ou “Aeciolândia” pela população).

Obra faraônica, considerada desnecessária, está muito longe das prioridades da população do estado que ainda moram mal, sofreram e ainda sofrem com inundações, com a falta de investimentos em drenagem, saneamento básico e moradia segura, além das necessidades permanentes na saúde e educação.

Seu adversário político Hélio Costa (PMDB), batido nas últimas eleições para governador, publicou no Twitter o que considera comodismo do governador tucano: “Aumento da arrecadação em MG foi de 18%, em 2010. O Estado tem dinheiro para atender às vítimas das chuvas. Não tem de esperar por Brasília”, escreveu.

A presidenta certamente sempre atenderá às necessidades da população, mas seria interessante cobrar mais responsabilidade de governadores que fazem extravagâncias como Palácios faraônicos, enquanto boa parte da população de seus estados ainda luta para ter o básico.

Observem :
Ele precisa de R$250 milhões(250.000.000,00)
Gastou mais de R$1 BI e 300 Milhões(1.300.000.000,00),ou seja,mais de 5 x mais.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Mais informações do Elefante Branco Bilionário de Aécio Neves

Comentar a postagem
Já postamos que o senador Aécio Neves e o  Governador Anastasia desperdiçaram Bilhões de Reais na Obra, agora mais imagens da Cidade Administrativa de Aécio Neves .
Informações extraídas do BLOG Contexto Livre

Cidade Administrativa - Obra faraônica em ruínas

A construção faraônica e bilionária de Aécio Neves está em ruínas.

Além dos problemas apontados, veja mais alguns:
* Rachaduras no piso térreo dos prédios;
* Barrancos gramados que estão desmoronando;
* Obras interminadas cheias de entulho e água empoçada;
* O heliporto do Palácio está sendo todo refeito e está interditado há várias semanas;
* Vários banheiros apresentam entupimentos e o cheiro no final do dia fica insuportável;
* Metade dos elevadores ainda não funciona;
* A rua entre o estacionamento e os prédios teve que ser cavada para instalação de uma tubulação de esgoto que foi "esquecida" no projeto;
* O remendo que foi feito na rua para tapar este buraco está afundando e os carros precisam passar devagar;
* O passeio neste local também foi quebrado para passar a tubulação e metade do remendo que foi feito já afundou;
* Foi aberto um buraco enorme na frente do palácio, não sei com qual finalidade;
* Os tratores que foram abrir este buraco destruíram boa parte do gramado na região;
* Tendas de lona foram improvisadas nos pontos de ônibus e táxi, pois, não havia abrigos suficientes;
* O local de estacionamento dos carros ainda não foi concluído, faltam faixas, está sujo, faltam árvores e certo trecho ainda é de terra;
* Além disso, somente agora estão sendo feitos os acessos ao estacionamento, com a colocação de cancelas, para tal, todo o canteiro do estacionamento está sendo escavado para passagem de cabos elétricos;
* Na verdade, sempre estão cavando um buraco em algum lugar para passar uma tubulação que não havia sido prevista;
* Falta a sinalização interna nos prédios, quem não conhece fica completamente perdido;
* Os fornos de microondas e máquinas de café foram reduzidos nas copas, pois, não havia equipamentos suficientes para atender todos os andares;
* Até hoje não existe um posto bancário;
* A limpeza das áreas externas raramente é feita, as ruas e passeios estão cheio de lixo, entulho e terra;
* Um conjunto de luminárias pesadíssimo caiu de um poste de mais de 20 metros de altura. O local até hoje está sem iluminação;
* Os novos restaurantes foram construídos em galpões de madeira que antes eram usados como escritório da obra;
* Vários vidros da fachada dos prédios soltaram. Basta prestar atenção aos prédios, que é possível ver vidros presos com presilhas de metal;
* Não foi prevista instalação de gás e exaustão para os restaurantes do centro de convivência, obrigando a fazer várias improvisações;
* A garagem do subsolo dos prédios sempre inunda quando chove;
* O gramado sempre encharca quando chove, fazendo um verdadeiro lamaçal;
* Vários passeios ficaram desnivelados e formam poças enormes quando chove;

Eleições 2014 - Jogo de Anastasia é campanha pró-Aécio com a maquina pública

Comentar a postagem
Começa com força total, nada menos que quatro anos antes, o esquema que visa o lançamento da candidatura do ex-governador de Minas, agora senador eleito, Aécio Neves (PSDB-MG), à Presidência da República em 2014.

Uma das pontas de lança do esquema é o sucessor de Aécio, o governador tucano mineiro, Antônio Anastasia. Ele se prevalece do total controle que os governos de Minas sempre detém sobre a imprensa do Estado, e do espaço que a tradicional velha mídia concede ao PSDB, para publicar hoje extensas entrevistas nos grandes jornais - O Estado de S.Paulo, Valor Econômico, Folha de S.Paulo, etc. - sempre com a mesma tônica: Aécio tem de ser o candidato do tucanato a presidente em 2014.

Nas entrevistas de hoje, Anastasia repete, também, uma espécie de chavão: o PSDB é nacional e não tem dono. Recado mais claro impossível, para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador paulista Geraldo Alckmin e, principalmente, o candidato tucano a presidente derrotado no ano passado, José Serra que, age na surdina, mas não desencarna do eterno papel a que se atribui de candidato ao Planalto.

O movimento pró-candidatura Aécio-presidente foi deflagrado ainda antes da virada do ano (e apenas um mês após a eleição da presidenta Dilma Rousseff) pelo novo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, em cerimônia na FIESP a que estava presente o presidente Lula. Intensifica-se agora com Aécio, já praticamente em campanha, por enquanto ainda disfarçada pela luta política deles para enfraquecer a hegemonia que o tucanato paulista detém sobre o nacional.

Com Antônio Anastasia à frente, a campanha aecista é deflagrada com total apoio e uso da poderosa máquina de governo de Minas Gerais. Detalhe: o grupo que se lança a campo, quatro anos antes do próximo pleito presidencial, é o mesmo que entrou com dezenas de ações junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acusando o então Presidente Lula e a atual presidenta, Dilma Rousseff, de fazerem campanha eleitoral antecipada.
Fonte:http://conexaopolitica.blogspot.com/2011/01/eleicoes-2014-jogo-de-anastasia-e.html

"É PSDB :
Quem mesmo faz campanha antecidada?
Quem mesmo usa a máquina pública?
E PIOR usa o PIG (Partido da Imprensa Golpista)para se promover com recursos do Estado,aguardem como aconteceu em São Paulo muito corte de verbas em áreas prioritárias para obras que tenham destaque eleitoreiro,muita exposição na mídia e pouco trabalho

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

PIG Revista Veja : Revista a Serviço da Direita e da Elite Brasileira

Comentar a postagem
Vejam quem já foi capa dessa Revista que é o verdadeiro lixo do Jornalismo,sempre apoiando a Direita e seus interesses financeiros em detrimento da prestação do bom Jornalismo
Essa postagem é a Complementação da Collor II
collor capa da revista veja
Geraldo Alckmin capa da Revista veja
Serra Cafetão capa da revista Veja
Aecio neves capa da revista veja


Hilário: Telemarketing do PIG(Partido da Imprensa Golpista)  Revista Veja

sábado, 15 de janeiro de 2011

PIG Oculta :Chuvas causam danos e mortes em Minas Gerais

Comentar a postagem
Depois que FHC declarou que apoia Aécio para próximas eleições o PIG(Partido da Imprensa Golpista) começou a ocultar os problemas com as enchentes em Minas Gerais e São Paulo,dando grande ênfase ao Rio de Janeiro,como se nesses estados não tivesse alagado ,os seus governadores respectivamente Anastasia e Alckmin resolveram apoiar o Rio para ganharem projeção nacional.
Particularmente aprovo isso,desde que também eles deem conta dos Estados deles ,pois a situação da população de ambos os estados não estão das melhores.
O Governo Federal conta com verbas reservadas à prevenção de enchentes,só é exigido aos Estados e Municípios um projeto e nem isso os tucanos conseguem fazer,depois reclamam que as verbas não chegam.(vejam aqui a Matéria)





Fonte:http://noticias.r7.com/videos/chuvas-castigam-a-populacao-de-belo-horizonte-mg-/idmedia/41422511d96e02c6a2227b220c2263b2.html

http://noticias.r7.com/videos/chuvas-deixam-os-moradores-das-areas-de-risco-ainda-mais-aflitos/idmedia/8b34fe70958f1fc556edf30aaf481a5a.html

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Anastasia não cumpre acordo com funcionalismo

Comentar a postagem
Mesmo superando as expectativas de superávit com um aumento na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 17,9% elevando para a R$ 26,3 bilhões o total arrecadado em 2010, o governador Anastasia não tem planos de reajustar os salários do funcionalismo público.
A então deputada estadual em 2004, Jô Moraes, lembrou que o ex-governador Aécio Neves juntamente com Anastasia, que ocupava a pasta do Planejamento, prometeu que o reajuste aos servidores estaria atrelado ao aumento na arrecadação.

De acordo com as declarações prestadas pela Secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, os números mostram que Minas conseguiu superar a média nacional no que diz respeito ao aumento das receitas. O ICMS é a principal fonte de arrecadação dos Estados. Corresponde a cerca de 80% das receitas.

O governador anunciou no domingo passado que os dados “colocariam o Estado no topo do ranking dos que mais tiveram aumento da receita”. Mas ao contrário de outros Estados que prometeram em 2011 reajuste aos servidores estaduais, como o Estado do Rio de Janeiro, em Minas Gerais está fora dos planos de Anastasia.

O Secretário da Fazenda Leonardo Colombini informou que, para este ano, a expectativa é de que o ICMS chegue a R$ 28,5 bilhões, mas o número pode ser superado, segundo ele. Mesmo com uma previsão otimista e com mais dinheiro no caixa, os salários do servidores não serão reajustados. “Este ano, por enquanto, não está previsto nenhum aumento, mas investimento nas pessoas. São políticas públicas voltadas para os servidores públicos”. O presidente da AJOSP, Cláudio Vilaça, ironizou a fala do Secretário que anunciou que serão feitos investimento em políticas públicas voltadas para os servidores. Para Vilaça o termo "investimento" seria, talvez, na cabeça de Colombini "uma mudança de paradigma",como por exemplo, a alteração do percentual de endividamento dos servidores públicos pelos Bancos no crédito consignado de 30% para 40%, conforme tramita um projeto na Assembléia Legislativa que altera a Lei 15.025/2004. "Se forçamos a dialética do dicionário neoliberal desse governo é bem provável que chamem "endividamento" de "salário indireto".

Segundo ainda Renata Vilhena, a ordem no Governo é cortar despesas de custeio, principalmente aquelas feitas para sustentar a máquina pública. Abre aspas: “Trabalharemos com responsabilidade. Não podemos deixar que o custeio da administração pública aumente, seremos muito severos na condição da manutenção da administração para termos mais recursos para investimentos”, preconizou a secretária. Apesar de ser considerada uma grande técnica pelo governo e por parte da mídia, o presidente da AJOSP disse que ,"Renata Vilhena em 08 anos de governo não soube distinguir gastos com pessoal de investimento e valorização do capital humano".

Apesar da contenção de gastos anunciada, o Governo aumentou o número de subsecretarias em 13 e o de secretarias em 3, que naturalmente resultará, segundo o dirigente sindical, em mais contratações de apadrinhados políticos, cabos eleitorais e colaboradores, aumentando o quadro funcional de detentores de cargos de recrutamento amplo. Renata Vilhena ganha duas subsecretarias. Uma delas vai cuidar da dotação orçamentária.

Defecit Zero

Em 2003 a dívida interna do Estado era de 37 bilhões, no final de 2010 chegou a R$ 60 bilhões, e a situação da previdência pública estadual é uma “Caixa de Pandora”, como afirma Vilaça. Para ele, o governo em Minas pensa diferentemente de outros entes da federação, como o governador do Rio, Sérgio Cabral. Recentemente o estadista carioca disse que, "o reajuste ao funcionalismo primeiro valoriza o servidor público, e consequentemente aquece a economia, porque dá poder de compra ao trabalhador". 

Fonte:Vermelho

Para um governo que atenta quanto ao Direito de Greve não poderia esperar outra coisa além de mentiras e desrespeito com pessoas que ajuda o estado a prestar seu papel de servir o cidadão.
Aécio Neves demite funcionário que faz greve , José Serra manda bater em professores é assim a DEMocracia do PSDB e ainda  censuram  a imprensa através de dinheiro  para que  isso não chegue à população.

Anastasia "incha" o Estado com criação de Secretarias

Comentar a postagem
Anastasia oficializa criação de cinco novas secretarias de estado em Minas

BELO HORIZONTE - Um dia depois de ter defendido "mais austeridade" nos gastos públicos e um ajuste "com coragem dos gastos com a máquina pública", durante a posse como governador de Minas Gerais, o tucano Antonio Anastasia oficializou a criação de cinco novas secretarias de estado e de um Escritório de Prioridades Estratégicas. O governo garante que a mudança administrativa - viabilizada por meio de uma lei delegada e sem a necessidade de ser aprovada pela Assembleia Legislativa - não terá grande impacto no orçamento público, porque parte dela decorrerá do aproveitamento da atual estrutura de governo. Mas o orçamento para 2011 sancionado no fim da tarde desta segunda-feira pelo governador já prevê um gasto extra de 3,2 bilhões no custeio de pessoal em todos os poderes, aumento de 15,3% em relação ao orçamento do ano anterior.
Foi criada a secretaria de Trabalho e Emprego, tema que foi uma das principais bandeiras da campanha do governador. Deixaram de ser extraordinárias e tornaram-se efetivas as secretarias de Relações Institucionais (que passa a incorporar a Casa Civil) e a de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas. As outras três novas secretarias, classificadas como extraordinárias, são de Regularização Fundiária, da Copa do Mundo e de Gestão Metropolitana.
- Minas Gerais é o estado do Brasil que tem o menor número de secretarias de Estado e continua a ser assim. Na realidade, nós desdobramos algumas subsecretarias. A estrutura administrativa reflete as prioridades e os projetos apresentados durante a nossa campanha - justificou nesta segunda-feira Anastasia, ao ser questionado sobre o impacto financeiro das mudanças administrativas.
No entanto, levantamento realizado pelo GLOBO em 26 dos 27 estados brasileiros, mais o Distrito Federal, mostra que ao contrário do que disse o governador mineiro, o estado agora figura entre aqueles com o maior número de secretários de Estado, com 22 integrantes do primeiro escalão, atrás apenas de São Paulo (25), Maranhão (25), Paraná (24), Pernambuco (24) e Espírito Santo (23). A assessoria do governo de Roraima não respondeu ao questionamento.
Até o fim de dezembro, o governo publicará novas leis delegadas com a definição completa dos custos e dos cargos decorrentes das novas secretarias.
Fonte;O GLOBO

É mais uma vez a língua do Cafetão Serra queimando,quem mesmo ia criar cargos para colocar "companheiros"?
Além da Obra Faraônica criada por Aécio Neves o seu Pupilo Antonio Anastasia cria secretarias através das ditatoriais leis delegadas e chegou ao absurdo de criar a secretaria da copa do mundo ,em vez de usar esses recursos para resolver os problemas de infraestrutura tais como combate às enchentes,trânsito ,violência ,saúde e qualificação de pessoas para receber os turistas.
A novela PSDEBISTA se repetirá,vai ter gastos gigantes por conta de eventual  candidatura do ditador Aécio à presidência,Serra em 2010  fez o mesmo em SP e deixou um rombo que o seu sucessor e também incompetente Geraldo Alckmin suprir com cortes de investimentos.
Sobre a Secretaria do Trabalho e  Emprego,que é competência do Governo Federal e vem sendo realizada com competência, vamos ver se ele não repete o que fez no governo Fernando Henrique enquanto Ministro e provável futuro se o PSDB voltar à Administração Federal,Foram anos de estagnação e desemprego e os Tucanos colocavam a culpa da falta de empregos nas máquinas(Lula e Carlos Lupi mostraram que não com recordes em geração de empregos),mas essa matéria de Anastasia Ministro do Trabalho que  trataremos em postagens futuras,pois eu particularmente não gosto nem de lembrar aqueles anos,mas para manter os leitores mais jovens ou os que não lembram informados postarei uma matéria sobre isso.
Clique AQUI e Assine nosso feed e acompanhe as postagens futuras.