Google+ Aécio Neves, o Mineirinho, está lá também: R$ 15 milhões e deixa o amigo Moro em situação difícil, vai investigar?

sábado, 10 de dezembro de 2016

Aécio Neves, o Mineirinho, está lá também: R$ 15 milhões e deixa o amigo Moro em situação difícil, vai investigar?

Comentar a postagem
Aecio Neves PSDB MG o Mineirinho
Principal responsável pela quebra da economia brasileira, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que lançou o Brasil no abismo ao não aceitar sua derrota eleitoral em 2014, irrompe com tudo nas delações da Odebrecht; ele é o Mineirinho, que recebeu nada menos que R$ 15 milhões do departamento de propinas da empreiteira; nesta semana, Aécio apareceu sorridente numa foto ao lado do juiz Sergio Moro, que reconheceu, ao ser alvo de protestos na Alemanha, que a imagem foi infeliz; Moro afirmou que não havia nada sobre Aécio na sua jurisdição; agora tem, pois, ainda que Aécio tenha foro privilegiado, isso não vale para seus tesoureiros

Minas 247 Principal responsável pela quebra da economia brasileira, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que lançou o Brasil no abismo ao não aceitar sua derrota eleitoral em 2014, irrompe com tudo nas delações da Odebrecht.
Ele é o Mineirinho, que recebeu nada menos que R$ 15 milhões do departamento de propinas da empreiteira. "No pedido de busca e apreensão da Polícia Federal da 26.ª fase da Lava Jato, a Xepa, Mineirinho é apontado como destinatário de R$ 15 milhões entre 7 de outubro e 23 de dezembro de 2014. As entregas, registradas nas planilhas da secretária Maria Lúcia Tavares, do Setor de Operações Estruturadas – conhecido como o “departamento de propina” da Odebrecht – teriam sido feitas em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais", diz reportagem do Estado de S. Paulo.
Nesta semana, Aécio apareceu sorridente numa foto ao lado do juiz Sergio Moro, que reconheceu, ao ser alvo de protestos na Alemanha, que a imagem foi infeliz.
Moro afirmou que não havia nada sobre Aécio na sua jurisdição, mas agora tem, pois, ainda que Aécio tenha foro privilegiado, isso não vale para seus tesoureiros.
Além dos R$ 15 milhões que recebeu, Aécio também intermediou o pagamento de uma propina de R$ 1 milhão para o senador Agripino Maia (DEM-RN), presidente do DEM, que também foi um dos líderes do golpe contra a democracia brasileira (saiba mais aqui).
A assessoria de imprensa do PSDB mineiro afirmou que R$ 15 milhões foi o total doado pela Odebrecht à campanha do PSDB em 2014, que o valor foi registrado no TSE e que Aécio “desconhece supostas citações em planilhas da empresa”.


Vejam abaixo a lista retirada do site Congresso em Foco de políticos tucanos delatados no listão ,por falta de tucanos delatados Moro não vai ficar
NOMES CITADOSPARTIDOUFCARGO
“Vereadores PSDB-SP”PSDBSPNão identificados
Ademir Lucas, ou “Demir”PSDBMGEx-prefeito de Contagem (MG) e ex-deputado federal
Aecio NevesPSDBMGSenador
Alexandre José Berardinelli ArraesPSDBRJEx-candidato a vereador no Rio de Janeiro (RJ)
Antero Paes de Barros NetoPSDBMTEx-senador
Arthur VirgílioPSDBAMPrefeito de Manaus (AM)
Arthur Virgílio BisnetoPSDBAMDeputado federal
Betinho GomesPSDBPEDeputado federal
Beto RichaPSDBPRGovernador do Paraná
Bruno AraújoPSDBPEMinistro das Cidades e deputado federal licenciado
Cássio Cunha LimaPSDBPBSenador
Cícero LucenaPSDBPBEx-senador
Cristina CarraraPSDBSPPrefeita de Sumaré (SP)
Daniel Coelho, o “Comuna”PSDBPEDeputado federal
DinhaPSDBGOEx-prefeito de Planaltina de Goiás (GO)
Duarte NogueiraPSDBSPSecretário de Transportes do Estado de SP e deputado federal licenciado
Dudu RonalsaPSDBALVereador em Maceió (AL)
Elias GomesPSDBPEPrefeito de Jaboatão dos Guararapes (PE)
Firmino FilhoPSDBPIPrefeito de Teresina
Geraldo AlckminPSDBSPGovernador
Gláucia Brandão, ou “candidato Neves/MG”PSDBMGEx-candidata a prefeita de Ribeirão das Neves (MG)
Guilherme MalufPSDBMTDeputado estadual
Jaison CardosoPSDBSCPrefeito de Imbituba (SC)
João AlmeidaPSDBBAEx-deputado federal
Jorge ViPSDBALEx-candidato a deputado federal
José AníbalPSDBSPSuplente do senador José Serra (PSDB-SP) e ex-deputado federal
Jose SerraPSDBSPSenador e Ministro das Relações exteriores de Temer
Jutahy Magalhães Jr.PSDBBADeputado federal
Luis Paulo Correa da RochaPSDBRJDeputado estadual
Luiz Carlos HaulyPSDBPRDeputado federal
Luiz Paulo Veloso LucasPSDBESEx-deputado federal e ex-prefeito de Vitória (ES)
Marconi PerilloPSDBGOGovernador de Goiás
Mendes ThamePSDBSPDeputado federal
Nelson Marquezan Jr.PSDBRSDeputado federal
Otávio LeitePSDBRJDeputado federal
PablitoPSDBMGVereador em Belo Horizonte (MG)
Paulo Abi-AckelPSDBMGDeputado federal
Paulo BarbosaPSDBSPPrefeito de Santos (SP)
Paulo CâmaraPSDBBAVereador em Salvador (BA), onde preside a Câmara Municipal
Reinaldo AzambujaPSDBMSGovernador de Mato Grosso do Sul
Rita CamataPSDBESEx-deputada federal
Roberto Carlos de SouzaPSDBSCPrefeito de Navegantes (SC)
Rogério MarinhoPSDBRNDeputado federal
Romero RodriguesPSDBPBPrefeito de Campina Grande (PB)
Rui PalmeiraPSDBALPrefeito de Maceió (AL)
Tarsila CrusiusPSDBRSCandidata a vereadora em Porto Alegre, filha da ex-governadora Yeda Crusius (PSDB-RS)
Theotônio VilellaPSDBALEx-governador de Alagoas
Wambert Di LorenzoPSDBRSCandidato a prefeito em Porto Alegre (RS)


2 comentários:

Anônimo disse...

Duvido, esse Moro só tem tempo para perseguir o Lula e outros do PT e receber premios de eventos tucanos e da Globo, vai esperar morrer como o Sergio Guerra para investigar

Anônimo disse...

Esse Moro ainda tem a cara de pau de confessar que ele não investiga o Aecio Neves quero ver o que ele vai fazer com esta lista enorme de tucanos delatados , vai investigar ou vai ficar nos pedalinhos do Presidente Lula indo a evento tucanos e festejando a impunidade de seu partido .

Postar um comentário